O que são feiras virtuais?

By: Netza
INOVAÇÃO LIVE MARKETING LIVE REMOTA TENDÊNCIAS
2020

Nos últimos meses, a realidade de organizadores de feiras ficou bem mais complicada. Sem a possibilidade da realização de feiras presenciais, foi necessário encontrar meios de contornar a situação, utilizando um modelo de eventos que estava começando a ser implantado e que agora está ganhando cada vez mais notoriedade: as feiras virtuais.

Embora já tivéssemos exemplos de feiras virtuais que deram certo no exterior antes mesmo do distanciamento social, implantar essa modalidade como única alternativa possível foi um grande desafio. Os investimentos em tecnologia de imersão virtual cresceram, assim como o investimento em estratégias de comunicação e marketing voltadas para o digital.

Feiras virtuais na prática

O início de tudo é a divulgação dos expositores e produtos, e detalhes sobre o ambiente. Da mesma forma que os participantes recebem folders contendo todas essas informações na entrada da feira presencial, eles precisam de um arquivo virtual que exerça essa função. Grandes feiras costumam oferecer sites, que permitem maior interatividade e adição constante de novas informações.

As exposições também funcionam de forma remota, logo, são adotadas as tecnologias de imersão virtual e realidade aumentada, para que o participante sinta-se completamente inserido no evento. As interações entre o participante e o expositor também acontecem em tempo real, utilizando alguma opção de tecnologias de comunicação.

Desafios das feiras virtuais

Os maiores desafios começaram pela falta de contato físico do potencial comprador ou investidor com o produto. As feiras presenciais trazem a vantagem de permitir que cliente segure o produto na mão, sinta texturas, aromas, sabores, entre outros, dependendo do produto que é exposto.

Dessa forma, as descrições e imagens virtuais dos produtos devem oferecer todas essas informações satisfatoriamente, o que exige grande investimento em tecnologias de imersão virtual e técnicas de comunicação e marketing que mexam com a imaginação do usuário e ativem os cinco sentidos, mesmo a distância.

Outros desafios bem recorrentes para os expositores em feiras virtuais são a falta de diálogo presencial do vendedor, fator que aproxima o cliente e influencia nas compras, e a diminuição nas compras por impulso, já que o usuário tem mais tempo para pensar na aquisição do produto, avaliar seu orçamento e decidir com mais sensatez.

Vantagens das feiras virtuais

Assim como existem desafios para realização de feiras virtuais, também existem muitas vantagens, sendo que a principal é a quebra de barreiras geográficas. Como toda a transmissão é remota, não há impedimentos para que pessoas de outras cidades ou até de outros países participam em tempo real, já que a tradução para outros idiomas também se torna mais fácil.

Participar de uma feira virtual é uma experiência única, que permanece no imaginário do usuário. Como tecnologias de imersão virtual ainda não são muito comuns por aqui, os participantes têm a sensação de terem presenciado uma revolução tecnológica, principalmente se as tecnologias utilizadas forem de excelente qualidade.

Outra grande vantagem é o aumento na capacidade de lotação do evento, pois depende do desempenho do servidor e não de quantas pessoas no espaço físico comporta. As feiras virtuais permitem que um número muito maior de usuários participe, o que resolve o primeiro problema encontrado pelos organizadores de eventos: a agenda.

Feiras híbridas: presencial e virtual lado a lado

Devido aos resultados positivos de pequenas e grandes feiras virtuais realizadas até o momento, é provável que essa prática continue mesmo após o fim do distanciamento social. Todas as vantagens poderão ser devidamente aproveitadas sem a pressão de transmitir tudo o que se espera da feira somente de forma remota.

As feiras híbridas, ou seja, feiras que unem estratégias presenciais e virtuais serão utilizadas na maioria das exposições a partir de agora. Com elas, todas as barreiras geográficas poderão ser derrubadas, sem que o contato presencial seja perdido. É uma forma de unir o melhor dos dois mundos e revolucionar o mercado de eventos.

Quer saber mais sobre a realização de feiras virtuais ou feiras híbridas para começar a organizar a sua? Então venha conversar conosco!